Psoríase nos pés: sintomas, causas e tratamentos

Psoríase nos pés: sintomas, causas e tratamentos
A psoríase nos pés é uma doença crônica que afeta a pele e caracteriza-se por um sintoma de dor muito particular no caminhar. Não é o único sintoma, uma vez que os pacientes também relatam outros desconfortos que devem ser investigados. A psoríase plantar (na planta do pé) tem outra característica, que é o seu início geralmente tardio, entre 30 e 40 anos de idade, e até mesmo em idosos. 
Em alguns casos, a psoríase pode ter um componente hereditário. Geralmente as mulheres são mais vulneráveis, sendo que essa doença pode se manifestar também nas solas dos pés e nas palmas das mãos. A psoríase pode ocorrer de diferentes formas, como em gotas, placas ou pustulosa localizadas. A psoríase na sola dos pés é um tipo bastante peculiar da doença, que aparece geralmente, em um quarto dos pacientes.
Sintomas
Alguns pacientes que sofrem desta doença manifestam os sintomas ao caminhar, mas o que mais acontece é uma sensação de coceira, ardor e queimação difícil de suportar para continuar caminhando e mantendo o ritmo para sentir-se confortável. Em alguns casos, a dor não é tão intensa, mesmo que as lesões estejam infeccionadas ou os pés com fissuras.
Impacto psicológico
Muitas pessoas ainda não sabem o que é psoríase e outras tem mais conhecimento sobre a doença. A grande dúvida está em torno do fato dela ser ou não contagiosa. Quando ela se manifesta em partes do corpo que não são frequentemente expostas, o impacto é menor, diferente daquelas lesões mais evidentes na pele. A psoríase nos pés não é visível quando a pessoa usa calçados fechados, assim evita olhares preconceituosos.
As mãos são uma das áreas mais visíveis do corpo, e quando a doença apresenta uma forma intensa e grave o seu impacto é maior, o paciente pode sentir a rejeição do outro. Nas atividade de trabalho também ocorrem dificuldades, pois algumas profissões como garçom e cozinheiro, por exemplo, usam suas mãos para manusear alimentos e outros utensílios, assim mantém as mãos com psoríase na visão do público.
Tratamentos para combater a psoríase
Atualmente há diversas tecnologias terapêuticas para tratar a psoríase nos pés. Alguns procedimentos podem incluir medicação oral, apenas em alguns casos graves. A maioria dos tratamentos responde bem aos procedimentos utilizados, sendo que a psoríase é relativamente fácil de controlar. Há também alguns tipos de lesões que ao hidratar a pele e remover as escamas, é reduzida a vermelhidão ocorrendo o alívio da coceira.
Tratamento
A psoríase nos pés, uma vez diagnosticada, pode ser tratada de forma eficaz. Além disso, somado ao tratamento terapêutico, é também recomendado utilizar produtos específicos para hidratar a pele conter lesões, em especial aqueles que combatem a vermelhidão e descamação. Esses produtos também ajudam a aliviar a coceira. 
No caso daqueles que tem psoríase nas palmas das mãos e dos pés é recomendado parar de tomar banho de sol, ao contrário do que acontece com outros tipos de psoríase. Tanto a pele das mãos e dos pés torna-se mais espessa, de modo que o efeito do sol não é útil. A dica é lavar suas mãos com água morna e evitar a fricção na pele.
Limitações
As pessoas que sofrem de psoríase na sola dos pés devem saber que, neste caso, a ação do sol não é benéfica para a pele, ao contrário do que acontece com outros tipos de psoríase. Um dos principais problemas desta doença vem da limitação que ocorre ao caminhar ou executar determinadas tarefas, não tanto vista por uma esfera estética como muitas pessoas pensam. O problema básico é a limitação de atividades rotineiras.
A psoríase é uma patologia desconfortável. As pessoas que sofrem com esse problema sentem dor e desconforto ao realizar um ato tão simples e cotidiano, como caminhar, correr, andar de bicicleta e até mesmo dirigir. Isso porque o impacto dos pés com o solo pode causar dor. 
Evite coisas que irritam ou agravam a sua psoríase
- Lesões na pele, cutículas ou unhas podem causar lesões na área afetada ou outras partes do corpo.
- Altos níveis de ansiedade ou stress podem causar sintomas piores.
- Infecções em qualquer parte do seu corpo ou em sua pele.
- A exposição excessiva à luz solar ou queimaduras. Apesar de uma pequena quantidade de luz ultravioleta poder ajudar nos sintomas, a exposição excessiva pode aumentar as chances de agravar os sintomas.
- O álcool agrava os sintomas, bem como o tabagismo aumenta as chances de piorar seu quadro de psoríase.
Procure um podólogo para o diagnóstico
As lesões nos pés podem ser facilmente identificadas por um podólogo. Em certos casos, esse profissional poderá encaminhar o paciente para o atendimento com um dermatologia. A partir das características especiais dessa doença, principalmente da sua aparência, o diagnóstico é mais fácil.  
 

 


Comentários