Dor na planta dos pés: causas e tratamento

Dor na planta dos pés: causas e tratamento
Quando você levanta da cama, geralmente na parte da manhã, se os seus primeiros passos causarem uma dor aguda no calcanhar ou na sola do pé, há uma possibilidade de que você tenha uma fascite plantar. Descubra tudo sobre esse problema que causa muita dor e desconforto ao caminhar.
O que é fascite plantar
Trata-se de dor na planta dos pés, sendo uma causa muito comum de dor no calcanhar. É uma inflamação que surge no tecido fibroso localizado do calcanhar até a ponta dos dedos dos pés. A inflamação começa quando ocorre um enorme estresse nessa região dos pés, por mau amortecimento de impacto sobrecarregando o local. Pode ocorrer somente no calcanhar ou na planta dos pés e também nos dois.
Causas
- Geralmente em pessoas obesas, pois ao aumentar o peso surge uma pressão adicional no tecido mole das pernas e nas articulações refletindo em dor na planta dos pés.
- Ocorre em pessoas que trabalham todo o tempo de pé ou caminhando por uma superfície dura.
- Quando ocorre um aumento desproporcional do arco da planta dos pés.
- Pé chato (ausência do arco na planta dos pés).
- Uso de calçados inadequados.
- Ocorrência de micro traumas repetitivos. 
- Anomalias anatômicas.
- Indivíduo com diferença de tamanho entre uma perna e outra.
- Grande intensidade de atividade física contínua, como caminhada e corrida.
- Comum em pessoas de 40 a 60 anos de idade.
Sintomas
Esta doença tem início gradualmente, sem dor grave, geralmente no lado interno do calcanhar. Pode começar a surgir dores nos pés: após a realização de exercícios físicos, em um período de descanso, como após o almoço e ao apalpar o calcanhar e a sola dos pés. Outro sintoma é o surgimento de tensão e rigidez na sola dos pés.
Se a fascite plantar não for tratada, ela pode se tornar uma condição crônica. E até desenvolver sintomas associados mais complexos, como problemas nos pés, joelhos, quadril e região lombar, devido a mudança no padrão normal da caminhada. 
Tratamento 
A dica para quem sente dor na planta dos pés é diminuir as atividades esportivas, emagrecer para aliviar a carga nos pés e usar calçados com um bom amortecimento e suporte. Outra maneira de tratar é aplicar gelo na área afetada durante 15 minutos, três ou quatro vezes ao dia para amenizar as dores. 
Outra dica importante é colocar uma proteção no tornozelo, como palmilhas ortopédicas ou almofadinhas de feltro. Para realizar um alongamento na parte da lesão você pode usar talas noturnas. 
Em alguns casos, um médico especialista pode prescrever alguma medicação antiinflamatória, injeção de corticoides ou realizar alongamentos para esticar o tendão de Aquiles e da fáscia plantar, sendo este o principal tratamento. Assim reduzirá a possibilidade desta doença virar recorrente ou crônica. 
O fisioterapeuta também pode recomendar exercícios específicos para fortalecer e recuperar a musculatura danificada e mostrar como fazer exercícios sem utilizar pressão excessiva na sola do pé.  Lembrando da importância de fazer alongamento antes e depois das atividades físicas.
Expectativa no tratamento
Para tratar definitivamente a dor na planta dos pés ficar de repouso é essencial, assim haverá o reparo das micro lesões. O total de tempo estimado para finalizar o tratamento pode ser de muitas semanas, meses e até anos. Dependendo de cada caso. 
Sendo que a maioria das pessoas percebem melhora em um período de 9 meses. Mas de acordo com o agravamento do caso, é necessário a realização de uma cirurgia para aliviar a dor, mas estes casos são raros.
Exercícios para a fascite plantar
Para conter a dor na planta dos pés procure manter seus pés flexíveis. Muita gente faz exercícios físicos para o corpo ficar em forma, mas esquecem dos pés. Eles carregam a metade do seu peso corporal e devido à quantidade de horas que passamos em pé todos os dias, merecem uma atenção especial, principalmente as mulheres que usam sapatos com saltos altos. 
Escolha algum destes exercícios para aliviar a dor em seus pés
1. Sentado, com o pé no joelho, segure a ponta do pé com a mão e puxe em direção ao seu corpo ou use uma toalha para puxar. Fique assim por 30 segundos.
2.  De pé, encoste seus dedos do pé contra uma parede e o calcanhar no chão, então pressione os dedos contra a parede. Fique assim por 30 segundos.
3. É importante fortalecer a musculatura dos seus pés com exercícios. Comece colocando uma porção de bolas de gude no chão e use os dedos do pé lesionado para apanhá-las e colá-las em um recipiente, pode ser um pote. Logo depois, estenda uma toalha de rosto no chão em sua frente, sentado use o pé para apertar a toalha e em seguida comece a endireitá-la. Este exercício deve ser feito por 5 minutos ao dia.

 


Comentários